inspiração

“A vida não me chegava pelos jornais nem pelos livros
Vinha da boca do povo na língua errada do povo
Língua certa do povo
Porque ele é que fala gostoso o português do Brasil
Ao passo que nós
O que fazemos
É macaquear
A sintaxe lusíada”

Manuel Bandeira
*
Saraus da Cooperifa
Eventos de encontro, discussão e leitura de poesias organizados pelo poeta Sérgio Vaz, que acontecem semanalmente há quase seis anos, e já geraram até um livro: 'Rastilho de Pólvora- Antologia Poética do Sarau da Cooperifa' .
Inicialmente realizados numa fábrica abandonada em Taboão da Serra, município de São Paulo, hoje em dia o sarau fixou residência no bar de José Cláudio Rosa, mais conhecido como Zé Batidão.

Onde?
Rua Bartolomeu dos Santos, 797
Piraporinha – Zona Sul - São Paulo

Quando?
Todas às quarta-feiras das 8h até meia-noite.

Contato
(11) 5891-7403
_____________________________________________________
(para saber mais sobre os saraus da coperifa, basta clicar aqui e ler a matéria da deverCIDADE).

Nenhum comentário: