Parampará participa do V Festival "A arte de contar histórias"

Vamos contar mais essa história. Foi assim:

Primeiro as meninas se apaixonaram por Guimarães Rosa.
Depois começaram a estudar Primeiras Histórias.
Em seguida, conheceram um fotógrafo lindo, que registrava o Sertão.
Então as paramparinas foram para a cidade do coração!
Lá, se apaixonaram mais ainda,
Pelo Luís Preto, pelo Brasinha,
Pelos Miguilins,
Pelas veredas e pelos buritis...
E voltaram...
Conheceram o Beto Luz (que também é Luis!),
E cantaram "Saudades do Sertão".

E foram compartilhar tudo isso no Parque Anhanguera e na Biblioteca Vicente Paulo Guimarães.

Ê Rosa... É só o grande, o repentino amor!

Nenhum comentário: