O DESENVOLVIMENTO DA PERSONAGEM

Aprender a ver as pessoas de modo eficaz requer muitas das técnicas que os talentosos contadores de histórias usam para desenvolver um personagem e dar- lhe vida. Pense sobre o modo como os criadores de A Bela e a Fera de Walt Disney transformaram a Fera num herói simpático. Um enorme animal com presas e pele grossa é assustador, não simpático. Mas os realizadores  do filme descobriram maneiras de fazer com que a platéia vise que havia mais na Fera do que parecia à primeira vista. Primeiro, eles o vestiram com roupas de príncipes, um sinal claro de que não era um monstro comum. Depois, usaram linguagem corporal para revelar outros aspectos de sua personalidade humana. Então, acrescentaram o diálogo e as ações que indicam que a Fera pode ser um carneiro em pele de lobo. Uma pista central da identidade real da criatura vem de uma fonte externa, o narrador, que explica que a Fera na verdade é um príncipe, transformado como punição por ações descuidadas cometidas no passado!            
Fica a dica: Figurino condizente com a história, linguagem corporal adequada e uma boa narrativa.
Um abraço,
Denise Cruz

Nenhum comentário: