A experiência no Centro Espírita

Domingo passado, dia 21 de janeiro de 2018,  foi uma experiência ma-ra-vi-lho-sa!
Contar histórias é um processo terapêutico incrível, tanto para quem conta quanto para quem ouve.
Em dezembro do ano passado estive  numa cerimônia religiosa e contei a história de um casal que está junto há 13 anos, a Gabriela e o Ribamar, apaixonante e apaixonados.
 Janeiro agora foi a minha estreia num centro espírita kardecista. Uma das dirigentes de lá me procurou pedindo uma história para ser compartilhada com os evangelizadores e me sugeriu a "Parábola do Semeador".
Com base neste pedido, fui pesquisar sobre "Sementes", "Semear" e histórias que falassem sobre "Paciência", "Espera" e "Doação".
Depois de conversar com alguns filósofos, teólogos e  amigos (dentre eles meu marido, que é um grande filósofo), fiz o meu roteiro e estudei a minha história.
E no grande dia, foi só alegria.
Foi um encontro de entrega, risos, sorrisos e abraços.
Amei.
Gratidão à Andreia, da GKE, Amigos de Jesus!
Gratidão ao Flávio, meu bruxo inspirador.


Nenhum comentário: